João Maria Filho


O câncer de próstata está na lista dos tipos mais comuns no Estado do Rio Grande do Norte. Com 708 casos em 2013, ocupa o terceiro lugar com mais ocorrências.

O autônomo João Maria Filho, 53 anos, sabe bem o peso dessa estatística. Há cinco anos, quando decidiu fazer o exame da próstata, recebeu o diagnóstico que temia. “Quando o médico disse que estava com câncer, eu fiquei parado como se tivesse recebido uma anestesia. 'Pronto, estou ferrado.' Achei que ia morrer.", relembra. Foi aí que João Maria mostrou a sua fé tanto em Deus quando na medicina, decidindo acreditar na Liga Contra o Câncer.

Atualmente, João segue seu tratamento de rotina, realizando visitas regulares à Unidade I da Liga, no bairro de Dix-Sept Rosado, para acompanhamento. Já curado, ele reforça a importância da prevenção do câncer e alerta outros homens a realizar exames o quanto antes. Afinal, esperar algum sintoma pode ser perigoso, visto que o câncer costuma ser silencioso. “Tem que procurar aos 40 anos ou um pouquinho mais cedo. A gente vê as reportagens e acha que as coisas só acontecem com as outras pessoas. Mas, de repente, vem e acontece com a gente.", declara.

Faça você também

Doe aqui qualquer valor, na forma de pagamento que preferir, e ajude a Liga Contra o Câncer a continuar realizando um trabalho fundamental na vida de milhares de portadores de câncer.