Maria Eliane Rodrigues


A dona de casa Maria Eliane, 54 anos, é uma lutadora. A sua trajetória se mostra um exemplo de superação, visto que ela descobriu o câncer de mama em um momento difícil da vida, ao mesmo tempo que cuidava da filha, internada em um hospital após um acidente que a deixou sem andar.

Ao receber o diagnóstico, Eliane encarou a doença como algo comum, "como diabetes", ela conta. Assim, ouviu atentamente os conselhos de seu médico, a quem pediu extrema franqueza sobre sua situação, e seguiu à risca os tratamentos na Liga Contra o Câncer.

Após se submeter a cirurgia e ao tratamento de quimioterapia e radioterapia, Dona Eliane alcançou a cura que nunca duvidou que aconteceria. Passados 1 anos e seis meses, ela continua a frequentar a Liga para acompanhamento e se sente sortuda, não apenas de ter vencido a doença, mas por ter encontrado apoio na instituição.

“Agora que venho uma vez por mês, sinto falta [..] Me sinto muito bem, sei que estou curada e se eu puder ficar aqui como voluntária eu vou ficar.", afirma.

Com força de vontade e amor pela vida, Dona Eliane não reclama: “Eu não sofri nem antes, nem durante, nem depois. Eu sou feliz o tempo inteiro.", finaliza.

Faça você também

Doe aqui qualquer valor, na forma de pagamento que preferir, e ajude a Liga Contra o Câncer a continuar realizando um trabalho fundamental na vida de milhares de portadores de câncer.